NEGOCIAÇÃO 2018
AGE de apreciação da Pauta remarcada para 13 de agosto

Foi remarcada para a próxima segunda-feira (13), no Auditório Arino Ramos Ferreira (S1 do Edserj), às 14h30, em segunda convocação, a Assembleia Geral Extraordinária que apreciará a Pauta de Reivindicações dos Empregados do Sistema BNDES e definirá a Comissão de Negociação com vistas ao Acordo Coletivo de Trabalho de 2018.

No dia 23 de agosto foi encaminhada aos empregados, por meio do quadro de avisos, a Pré-Pauta de Reivindicações, composta pelo conjunto de "cláusulas anteriores", que precisam ser renovadas, e o conjunto de "cláusulas novas", que foram sugeridas ao longo do mês de julho. Este material está disponível no site da Negociação 2018, que foi colocado no ar na semana passada.

Relevância – Pesquisa sobre a Pré-Pauta ficou aberta até a última sexta-feira (3) e o resultado já está disponível no site da Negociação. As Associações de Funcionários pediram para que fosse indicado o nível de relevância das cláusulas.

Os cinco pleitos considerados mais relevantes para os empregados foram: nº 19 – "Plano de Saúde" (85,42%); nº 21 – "Estatuto e/ou Regulamento Previdenciário da FAPES" (65,82%); nº 5 – "Manutenção da Integridade Institucional" (55,45%); nº 1 – "Proteção Salarial" (53,19%); e nº 18 – "Garantia da Manutenção do Ambulatório Médico" (49,79%) – que versam sobre:

– Plano de Assistência à Saúde: "eventuais propostas de alteração do Regulamento de Assistência e Saúde (RAS) administrado pela FAPES serão negociadas em conjunto com as representações de empregados e de aposentados e a operadora do plano de saúde".

– Estatuto e/ou Regulamento Previdenciário da FAPES: "eventuais propostas de alteração no Estatuto e/ou no Regulamento Previdenciário da FAPES serão negociadas em conjunto com as representações de empregados e de aposentados, os conselheiros da FAPES e a Diretoria do BNDES".

– Manutenção da Integridade Institucional: "não será exercida qualquer atividade ou função inserida nas descrições de cargos do PUCS ou do PECS por empregados não integrantes do quadro permanente de pessoal, excetuando-se, tão-somente, os casos descritos nos parágrafos da Cláusula Cargos Comissionados que tratam exclusivamente de assessoria de caráter transitório ao corpo diretivo".

– Proteção salarial: "proteção de salários, gratificações, comissões, auxílios e vantagens dos empregados com recomposição do seu valor sempre que a taxa de inflação acumulada alcançar percentual igual ou superior a três por cento (ICV/Dieese)".

– Garantia de Manutenção do Ambulatório Médico: "manutenção dos serviços de ambulatório médico nos mesmos padrões de excelência atuais".

Dia do Basta – Bancários de todo o país rejeitaram anteontem a proposta apresentada pela Fenaban, em rodada de negociação realizada no dia 7 de agosto: Convenção Coletiva de Trabalho válida por quatro anos sem aumento real, apenas com a reposição da inflação sobre salário, auxílio-refeição etc., e sem a garantia das demais cláusulas, entre elas as sociais, como auxílio-creche e estabilidade pré-aposentadoria, manutenção dos empregos bancários e melhores condições de trabalho.

Nas assembleias de quarta-feira foi aprovado o calendário de manifestações proposto pelo Comando Nacional dos Bancários, que inclui paralisação parcial nesta sexta-feira (10), em movimento denominado "Dia do Basta", convocado pela CUT e demais centrais sindicais e movimentos sociais.

 
Acontece

REESTRUTURAÇÃO
AF encaminha carta aos superintendentes

 
Acontece

EDITORIAL
Reestruturação em debate

 
Acontece

Ação de Incorporação da Gratificação de Função

 
Acontece

Jornal dos Economistas discute projeto econômico para 2019

 

VERSÃO IMPRESSA

(arquivo em PDF)

EDIÇÕES ANTERIORES

(a partir de 2002)

MOVIMENTO

• O presidente da AFBNDES, Thiago Mitidieri, esteve presente, no último dia 8, em encontro com assessores econômicos dos candidatos à Presidência da República organizado pela ABDE (Associação Brasileira de Desenvolvimento). Estiveram presentes José Marcio Camargo (Henrique Meirelles), Marcio Pochmann (Lula), Marco Antonio Rocha (Guilherme Boulos), Nelson Marconi (Ciro Gomes), Eduardo Bandeira de Mello (Marina Silva) e Ana Paula Oliveira (Álvaro Dias). O objetivo foi apresentar a Carta de Posicionamento da ABDE e debater a importância do Sistema Nacional de Fomento (SNF) para a retomada do crescimento econômico e o desenvolvimento sustentável do Brasil. No discurso de abertura, o presidente da ABDE, Marco Aurélio Crocco, destacou que as instituições financeiras de desenvolvimento podem dar uma grande contribuição para a retomada do crescimento sustentável. "Já existe uma rede, o Sistema Nacional de Fomento, que pode e deve ser considerada na plataforma dos candidatos".

• O BNDES e o Tribunal de Contas da União promovem no dia 21 de agosto, das 9h30 às 13h30, no Auditório do Banco, audiência pública com o objetivo de aprimorar a transparência das informações sobre as operações do BNDES. Participam da abertura: Dyogo Oliveira (presidente do BNDES), Marcelo de Siqueira Freitas (diretor de Compliance/BNDES), ministro Raimundo Carreiro (presidente do TCU) e Ministro Augusto Sherman (TCU).